Precisamos voltar a produzir

Belo Horizonte | Quarta-feira, 30 de maio de 2018 - 11h 19 - Atualizado às 11h 40

A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), maior entidade representativa de livre adesão do varejo no Brasil e instituição que administra o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), entendeu como justa as reivindicações dos caminhoneiros. Após o atendimento das principais pautas levantadas pela categoria, os caminhoneiros precisam liberar as rodovias, extinguindo a paralisação.

 

Estimamos que, entre os dias 21 e 28 de maio, os setores do comércio e serviços deixaram de faturar, aproximadamente, R$ 27 bilhões devido à interrupção do transporte de carga nas rodovias do país. Com isso, a CNDL e o SPC Brasil avaliam que o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) será menor do que o inicialmente esperado em 2018 e poderá ser revisto para algo perto de 2%, inclusive com resultado negativo no consolidado do segundo trimestre.

 

Precisamos voltar a trabalhar. Os setores produtivos, em geral, vêm sendo duramente atingidos pelo prolongamento da paralisação. O varejo, em especial, que gera 63% do PIB e fatura R$ 715 bilhões por ano, é o motor que move o país. Mas como tirar o sustento de prateleiras vazias, sem receber mercadorias, e com os consumidores sem condições de se deslocarem aos estabelecimentos por falta de combustível?

 

A contribuição para sairmos dessa situação deve vir de todos: Governo Federal, Poder Legislativo, estados e municípios, assim como de toda a cadeia produtiva. A revisão do ICMS sobre os combustíveis, a melhoria da infraestrutura, o custo dos tributos e o peso da máquina pública precisam ser repensados. Estamos prontos para colaborar, pois entendemos que é urgente criar melhores condições para quem gera empregos e riqueza no país.

Galeria de Fotos

Visita do Ministro do Trabalho

Visita do Ministro do Trabalho

Revista Movimenta

 

 

 

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Minas Gerais

Av. Silviano Brandão, 25 – Sagrada Família – Belo Horizonte/MG

CEP: 31030-525 – Telefone: (31) 2532-3300